quinta-feira, 28 de junho de 2012

Será mesmo que os carboidratos são os grande vilões das dietas de emagrecimento???




A um bom tempo, os carboidratos vêm sofrendo com a fama de que são os vilões na perda de peso. Quanta injustiça! Bom, as próprias gorduras em si sofrem muito preconceito mesmo que isso nem sempre seja condizente com a realidade. Na verdade, comer os tipos certos de gordura ajuda no emagrecimento! Mas falaremos sobre isso em outra oportunidade.

“Carboidratos são combustível premium”, segundo Dr. Michael Colgan (Optimum Sports Nutrition), ou seja, carboidrato é a fonte de energia predileta do corpo. Muitos pensam que gordura é a melhor fonte de energia, mas se enganam. A gordura tem maior densidade calórica (9 kcal por grama), porém não queima com tanta eficiência como os carboidratos (4 kcal por grama) quando transformados em energia. Isso tudo significa que o corpo prefere utilizar-se da melhor fonte de energia, ou seja, os carboidratos.

O importante é escolher a qualidade dos carboidratos ingeridos.

Como assim?É isso mesmo, existem 2 tipos de carboidratos, os simples e os complexos.

O que precisamos saber é que os carboidratos complexos possuem um absorção mais lenta em nosso organismo, o que contribui para o emagrecimento.

Carboidratos complexos nada mais são que estruturas moleculares mais complexas do que carboidratos simples. Enquanto carboidratos simples são monossacarídeos, 1 molécula, portanto, rapidamente absorvidos pelo organismo, os carboidratos complexos precisam ter suas moléculas grandes quebradas até virarem dissacarídeos, então monossacarídeos e finalmente serem absorvidos.

Funciona assim:


Você come carboidratos simples -> o corpo digere rápido -> aumentam os níveis de açúcar no sangue -> o corpo libera insulina -> o excesso de açúcar é armazenado, resultando em níveis baixos de açúcar no sangue -> causa fome -> você come novamente e se fecha o ciclo.


Este ciclo, se continuado por muito tempo e agravado pela falta de exercícios, fará com que o corpo comece a perder a sensibilidade à insulina. O corpo começará a não responder tão prontamente a este hormônio, o que forçará o organismo a liberar quantidades maiores ainda de insulina na corrente sanguínea, esperando que sua ação seja executada. Com o tempo pode-se desenvolver insensibilidade à insulina, o que pode ser chamado também de diabetes. Uma doença extremamente séria, porém, de fácil prevenção.

Você ainda não entendeu porque é melhor consumir os carboidratos complexos. Certo?

Eu explico:

Ao se digerir mais lentamente, primeiramente, você terá sensação de saciedade prolongada, ou seja, não sentirá fome tão logo. O corpo irá liberar no sangue quantidades constantes e controladas de açúcar. Não liberará, portanto, grandes quantidades rapidamente, como no caso dos carboidratos simples. Isso fará com que o corpo evite liberar quantidades altas de insulina, ou seja, o corpo liberará quantidades controladas de insulina no sangue para que entregue o açúcar a seus destinos.

Sendo este processo controlado e constante, o armazenamento deste açúcar como gordura é diminuído. Você não sentirá alterações na sua energia e disposição, pois não existirão níveis baixos de açúcar no sangue causados pela ação da insulina.

Exemplos de carboidratos simples e complexos:


Simples

Arroz branco
Massa
Batata
Pão branco
Doces

Complexos

Arroz integral
Massa integral 
Batata doce 
Pão integral
Aveia
 Produtos integrais no geral

Veja como é simples substituir seus carboidratos simples diários por carboidratos complexos. Opte pelos produtos integrais!

A grande dica é, comece a evitar produtos industrializados, altamente processados e refinados e substitua-os por produtos integrais, naturais e não processados. O ganho que você terá em sua saúde geral é além do mensurável!


Moral da história. Se você quer realmente sentir uma diferença significativa no seu dia-a-dia e quer perder peso, substitua os carboidratos simples da sua dieta por carboidratos complexos. Parece complicado, concordo, porém realmente não é, pois na prática tudo se resume a exemplos como:

Substituir arroz branco por arroz integral.
Substituir pão branco por pão integral.
Substituir massas tradicionais por massas integrais.
Substituir produtos refinados por produtos integrais e não processados.
etc, etc.
Por isso devemos abolir essas dietas com restrição de carboidratos.
Espero que tenham gostado da dica, e aprendido um pouco sobre esse universo.
Um abraço,
Bianca Gabriela.
Fonte de pesquisa: site Emagrecer de Vez.