quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Doce veneno




Como é doce te ter em meus braços,
Sentir sua respiração ofegante,
O cheiro do seu suor me enlouquece!
Sus lábios carnudos de encontro aos meus, doce veneno...
Quando estamos juntos, não existe mais nada,
Apenas você e eu,
suor,
saliva,
calor,
delírio!
Como desejo que esses momentos durem para sempre,
Porque não posso parar o tempo? Porque?
Penso em você o dia todo...
Sonho com você, sonhos molhados...
O calor do pecado me consome.
Quero-te a qualquer custo!
Rompo as barreiras pra te ver,
te sentir,
te tocar,
te ouvir,
Porque me tratas assim?
Se quando estamos juntos posso sentir seu desejo!
Sei que sente o mesmo que eu.
Não resista!
Se entregue!
Vamos viver juntos esse doce veneno!

Bianca Gabriela.