segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Tudo tem um fim.


A vida é um círculo de separações.
Os amigos da escola que não vemos mais, a professora do jardim, os amigos do clube, o primeiro namorado, os amigos do cursinho, a galera do teatro, o segundo namorado, os amigos do trabalho, a turma da ginástica, o vizinho, o terceiro namorado...
Precisamos entender que tudo tem começo, meio e fim,
Assim como nos surpreendemos com o começo, nos deliciamos com o meio,
Porque não aproveitar também o fim?
Precisamos aprender a identificar quando uma porta precisa ser fechada,
Pois somente fechando uma porta podemos abrir outra,
E temos a chance de fazer mais uma pessoa feliz!
Ficará uma lembrança gostosa dos momentos vividos,
E ganharemos momentos novos com a porta que se abriu,
Viver é isso,
Não ter medo de ser feliz!
Só conseguiremos ser felizes se aceitarmos que a vida é feita de separações.
Separamos dos amigos, dos amores, da família...
O nascer, o viver e o morrer, são momentos de separação.
Nascemos com medo de viver, e vivemos com medo de morrer.
E é o medo que nos impede de seguir em frente,
Por várias vezes insistimos em uma relação que já acabou,
e nos machucamos ainda mais,
Por mais que esteja doendo muito agora,
Vai passar!
Tente dizer bem alto: ACABOU!
Vamos você consegue!
Eu consegui...
Nos apegamos tanto a outra pessoa,
que somos capazes de depositar nela nossa razão de viver,
e com isso esquecemos quem somos.
E nós, não merecemos ser felizes?
Só consiguiremos fazer alguém feliz,
Se nos permitirmos ser felizes também,
A vida é um presente!
Devemos amar, cantar, dançar, chorar, gritar, sofrer, sorrir,
mas nunca esquecer que...
Tudo tem um fim!


Bianca Gabriela.