quinta-feira, 12 de julho de 2012

Ecovilas









Amigos seguidores, fusando na internet(é o que eu mais gosto de fazer) encontrei uma matéria fantástica sobre a Ecovila Clareando, e decidi pesquisar mais sobre ela, fiquei encantada!
Primeiro vou falar das pessoas que moram lá.

Por que vocês escolheram viver na Ecovila???
> Pelo AR de cultivar, partilhar, criar, renovar;
> Pelo ER de aprender, crescer, colher, proteger;
> Pelo IR de construir, despoluir, dividir, rir;
> Pelo OR de propor, repor, compor;
> Pela URgência de buscar novas alternativas de vida no planeta.
Vocês devem estar se perguntando o que é uma ecovila?

Ecovila é uma comunidade de 50 a 2.000 pessoas, unidas por um propósito comum. Este propósito varia de local para local, mas usualmente é baseado numa visão ecológica, social e espiritual.
Ecovila ClareandoEcovilas movem-se em direção à sustentabilidade, dando alta prioridade a:
1.Produção local de alimentos orgânicos.
2. Utilização de sistemas de energias renováveis, cataventos, biodigestores, etc
3. Construção ecológica, tijolos de solocimento, bambu etc
4. Criação de esquemas de apoio social e familiar, incluindo diversidade cultural e celebrações, danças circulares, etc
5. Experiência com novos processos de tomada de decisão, utilizando técnicas de democracia profunda e facilitação de conflitos
6. Economia auto-sustentável, baseada nos conceitos de localização e simplicidade voluntária
7. Saúde integrada
8. Educação holística baseada na percepção sistêmica.
O movimento de ecovilas é um movimento global que está unindo Oriente e Ocidente, Norte e Sul, numa agenda comum. O movimento emergiu como uma resposta consciente ao problema, extremamente complexo, de como mover o planeta em direção a uma sociedade de comunidades sustentáveis. 
Os moradores deverão optar por técnicas construtivas que preservem o ambiente, ou seja, no rastro do material a ser utilizado, a agressão ambiental deverá ser mínima. Os parceiros certamente terão tecnologias apropriadas para sugerir.
A ecovila Clareando mantém convênio de intercâmbio tecnológico com a USP, UNICAMP, UNESP e empresas privadas, para disponibilizar técnicas já consagradas de construção.
Na ecovila, as águas de descarga do esgoto sanitário, seguem um tratamento em tanques sépticos para posterior reuso em pomares através da ferti-irrigação, e as águas de chuveiro e pias vão para um tratamento mais simples, chamado zona de raízes.
Ecovila ClareandoAs águas de chuva deverão ser coletadas pelos telhados, armazenados em reservatórios (subterrâneos ou imitando laguinhos ornamentais) e utilizados para irrigar jardins, lavar o chão e dar descarga. Cada residência deverá instalar aquecedor solar, a fim de contribuir com o programa nacional de economia energética.
Cada pessoa produz em média 1 kg de lixo por dia, sendo 500g orgânico e 500g inorgânico. A parte orgânica pode servir de complemento alimentar para galinhas ou para vermicompostagem (minhocas) ou mesmo para a horta e pomar. A fração inorgânica pode ser reciclada. 
Algumas medidas podemos fazer, sem precisar morar na ecovila!
Mas essa comunidade é apaixonante!!!

Agora mais informações sobre o projeto:
Ecovila Clareando localiza-se na cidade de Piracaia em Área de Preservação Ambiental (APA) e trata-se de zona rural de expansão urbana, distante 14 km. do centro da cidade. Há cinco nascentes de água dentro do loteamento.
Ecovila ClareandoFoi aprovado um projeto de Loteamento Residencial com 97 lotes, que se encontra registrado no cartório de registro de imóveis de Piracaia, sob nº 13 na matrícula 7.409 de 03/11/2004.
Em seguida, iniciou-se as obras de infra-estrutura, começando pela demarcação dos lotes, abertura de ruas, drenagem de águas pluviais, cascalhamento/pavimentação com bloquetes ecológicos nas ruas e fornecimento de água, cuja rede de abastecimento é toda feita com canos verdes (PPR e PEAD), isenta de canos de PVC.
Os lotes têm de 1.000m² a 1.400m² e o preço médio é de R$ 50,00 a R$55,00 o metro quadrado incluído a infra-estrutura (ruas com guias e sarjetas, luz, água, entre outros, considerando que ao lote individual se agregam as áreas comuns do loteamento).
No contrato ou escritura de compra e venda consta uma série de obrigações quantos às construções, que devem ser lidas pelos interessados.
Estas obrigações terão que ser obedecidas, pois envolvem questões ecológicas de baixo impacto ambiental, entre outras.
Atualmente tem 67 lotes vendidos e 30 lotes à venda. Há 19 casas construídas, onde 09 famílias já fixaram suas residências e mais 3 projetos aprovados, em fase de início de obras.
Na área comum há uma casa de caseiro e uma edícula, próxima de um local, onde em breve será a horta orgânica. Em outra área, localizada no centro da Ecovila, está aprovando o projeto de um Centro Comunitário, que será construído em módulos, contemplando espaços que a comunidade elegeu.
Tem um belo pomar com diversas frutas, 05 nascentes, 81.506,20 m2 de área verde e mata preservada e ainda, 12.100,00 m2 destinados à área institucional.


Um abraço,
Bianca Gabriela.