terça-feira, 16 de abril de 2013

Dieta - Sucesso!


Olá amigos!
Hoje vim comemorar com vocês mais um sucesso!
Já emagreci 8 kg, e como mencionei em outro post, fizemos um bolão de emagrecimento, eu e alguns colegas de trabalho, e adivinhem quem ganhou?
Eu mesma!
Estou feliz, não só por ganhar o dinheiro, mas principalmente por ver meu esforço ser recompensado.
Apesar de que  minha maior recompensa é ver meu guarda-roupa mudar, minha saúde melhorar, minha vida toda se transformar.
Não sou exemplo de disciplina, mas mesmo do meu jeito, estou conquistando meu objetivo, um pouco mais lento que a maioria conseguiria, mas estou.
Quem acompanha meus posts desde o início da dieta sabe como foi difícil para mim, já pensei em desistir, já chorei, me culpei.
Hoje sofro menos ao fazer dieta, entendo mais o que realmente devo comer.
Não choro para fazer atividade física, pois faço o que gosto.
Hoje como mais, me divirto mais e sou muito mais feliz!
A caminhada está apenas começando, pois tenho que perder ainda 22 kg.
Não fico pensando nisso, crio pequenas metas, a minha agora é chegar aos 90 kg em 2 meses.
Não tenho a ansiedade que tinha antes, sei que pode demorar, não posso perder 10 anos de obesidade, em 2 meses.
Estou mudando minha alimentação, minha forma de ver a vida, nada radical, apenas uma pequena mudança a cada dia.
Hoje comemoro até quando subo na balança e o ponteiro está no mesmo lugar da última pesagem, porque o fato de não ter engordado já é uma vitória.
Cada um é cada um, alguns preferem métodos radicais, com privações de vários alimentos e emagrecimento rápido, eu particularmente já tive várias experiências com dietas no decorrer desses 10 anos, e posso afirmar que emagrecimento rápido vem seguido de ganho de peso em dobro.
O ideal mesmo é mudar os hábitos alimentares, comer bastante proteína, pouco carboidrato e beber muita água.
E o principal A VONTADE, tem que vir de dentro, é a mudança interior,  na forma de pensar, de agir, de lidar com a comida.
A maioria das pessoas que sofrem com problemas de obesidade, tem uma relação difícil com a comida.
Funciona assim, segunda-feira começo a dieta, hoje ainda é quinta então vou comer bastante guloseimas, pois ficarei muito tempo sem comer.
Chega segunda, começo a dieta, passo fome, aguento até quinta ou sexta-feira, no sábado não resisto, como pizza e sorvete de sobremesa.
Choro muito por isso, me culpo, e acabo comendo muito, para passar a tristeza.
Desisto da dieta, me sinto uma derrotada, fico deprimida e como muito.
Depois de algumas semanas, e alguns quilinhos a mais, leio uma reportagem falando sobre a dieta da protagonista da novela das oito, e decido fazer, penso " se ela conseguiu, eu também posso"!
E o ciclo continua.
Parece brincadeira, mas foi assim durante os últimos 10 anos.
Nós "gordinhos" comemos por compulsão, hábitos ruins, fuga de problemas, prazer, não conseguimos ver a alimentação como algo para suprir nossas necessidades nutricionais.
Não pensamos que uma banana irá nos fornecer mais nutrientes que uma coxinha, não, comemos porque é gostoso, dá prazer, nos faz feliz!
Entende como o problema é mais psicológico do que físico?
É claro que não é regra, e existe outros fatores que causam obesidade, mas todas as pessoas com problema de excesso de peso que já conversei me descreveram esses problemas.
Meu ponto fraco é o chocolate, mas sei que ele sozinho não me faria engordar 30kg. São meus maus hábitos alimentares o grande vilão, e criar novos hábitos é muito difícil.
Hoje como salada, faço menos frituras, como menos doces, carboidratos e gorduras, mas como de tudo.
Quando estou com vontade de comer uma torta de chocolate, como sem culpa!
Quero muito ser magra, mas não farei desse processo algo traumático, não me importo que demore, o que não quero é voltar a ganhar os quilos perdidos.
E você, está conseguindo emagrecer?
Conte um pouco, adoro trocar experiências.
Um abraço,
Bianca Gabriela.